Portal da Prefeitura de Imperatriz

02/03/2017 19h08 - Atualizado em 02/03/2017 19h08

Serviço de hemodiálise não será paralisado, garante prefeito

O tratamento, contínuo e essencial, é uma das prioridades da gestão

(Foto : Luana Barros)

Na manhã desta quinta-feira (02) Assis Ramos se reuniu com representantes dos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), que dependem de hemodiálise.  O prefeito explicou a situação financeira do município e garantiu que os serviços mantidos pela prefeitura, por meio de convênio com as clínicas CDR e CNI, não serão diminuídos e nem paralisados em Imperatriz.

"Reconheço que o débito é sim do município, no entanto, não posso pagar os meses em atrasos que são de outra administração sem uma autorização da justiça, senão responderei por isso. Vale lembrar que o pagamento dos valores referentes aos meses de janeiro e fevereiro já está sendo providenciado, e só ainda não foi pago porque estamos aguardando emissão da nota fiscal por parte das empresas”, explica o prefeito.

            Ele acrescenta ainda que, judicialmente, o tratamento não pode ser  paralisado por se tratar de um serviço contínuo e essencial. “A ameaça de paralisar é apenas uma maneira de pressionar o governo municipal, todavia, esbarra na ilegalidade. Portanto, o serviço não corre risco de parar, até porque, além de manter o pagamento dessa gestão em dia, negociaremos os débitos anteriores", esclarece Assis Ramos.                

            Na manhã de hoje, representantes da Prefeitura de Imperatriz se reuniram com o Ministério Público para tomar medidas sobre o pagamento dos valores referente a 2016.

Vídeos Institucionais da Prefeitura

© Copyright 2017. Todos os direitos reservados - www.imperatriz.ma.gov.br