Educação

INCENTIVO

Escola Mariana Luz realiza exposições de projetos científicos

Evento faz parte do incentivo às atividades dos "Pesquisadores do Século XXI"

Publicado em: 21/09/2018 por Sara Ribeiro

Secretaria de Educação

Escola Mariana Luz realiza exposições de projetos científicos

Mais de 500 estudantes se preparam para a I Mostra Científica Municipal de Imperatriz (Foto: Patrícia Araújo)

A Escola Municipal Mariana Luz, Bairro Santa Rita, promoveu nesta sexta-feira, 21, Mostra Científica, expondo 26 projetos desenvolvidos por alunos do 5º ao 9º ano. Com envolvimento de mais de 500 estudantes, evento abre o período de realização da atividade nas escolas da rede de ensino, como preparação para a I Mostra Científica Municipal de Imperatriz, programada para novembro.

Com diversos temas abordados, os trabalhos foram protagonizados pelos alunos, desde a escolha do assunto até os resultados obtidos. De acordo com a gestora da unidade, Maria Vilma da Rocha Silva, medida incentiva o interesse dos estudantes pelo aprendizado. “O que é mais interessante é a interação deles, o potencial apresentado, uma vez que todos da escola pública também são contemplados com a iniciação científica” – destacou.

Entre os trabalhos expostos, destacam-se temas atuais, como o consumismo e endividamento, distúrbios do sono e importância da alimentação saudável. A professora de língua portuguesa, Clélia Mendes, destaca a importância da interdisciplinaridade nos processos de ensino. “Para ser um pesquisador, não necessariamente precisamos trabalhar na nossa área, também deixamos de lado aquela ideia ultrapassada de que a pesquisa é só na área da ciência” – revelou.  

A pesquisadora Juliana Sousa, 9º ano, revela que a partir da dificuldade de um colega de classe foi possível descobrir um tema de estudo. “Durante nossa pesquisa descobrimos que vários alunos têm muita dificuldade de aprendizado por conta da falta de um sono saudável, muitos ficam no celular até tarde, na internet. Expondo esse projeto aqui na escola alcançamos o público aqui do bairro e muitos não sabiam desse distúrbio e que precisam procurar um médico”, revelou.

Evento contou com visitação de estudantes de escolas convidadas como Getsêmani, Marechal Rondon, Sinopse e Eliza Nunes, que além de adquirir conhecimento, avaliaram as propostas. Os trabalhos destaques participarão da Mostra Científica Municipal.

Educação

Apaixone-se por Imperatriz