Guarda Municipal

TAF

Concurso da Guarda Municipal aplica Teste de Aptidão Física

Etapa é também eliminatória, assim como a prova teórica e a investigação social

Publicado em: 11/01/2019 por Sara Batalha

Concurso da Guarda Municipal aplica Teste de Aptidão Física

Segurança e conforto dos candidatos foram preservados durante exercícios. (Foto: Edmara Silva)

Começou a ser aplicado nesta sexta-feira, 11, no 50º Batalhão de Infantaria e Selva, o teste de aptidão física, TAF, com os candidatos do concurso da Guarda Municipal de Imperatriz, GMI. Participam os aprovados nas etapas anteriores (teórica e investigação social), 162 homens e 48 mulheres. Provas seguem até domingo, 13.

O teste de cada um dos candidatos está sendo gravado em uma câmera digital, para conferir maior transparência ao certame, que transcorre em clima de tranquilidade.

O secretário de Administração, José Antônio, destaca a importância da realização de mais esta etapa do concurso. “Neste momento serão selecionados os melhores candidatos para prestar, com excelência, os serviços na cidade. Ou seja, teremos guardas municipais com capacidade de executar a sua função de forma eficiente, e quem ganha com isso é a sociedade”, enfatizou.

O comandante geral da GMI, José Ribeiro de Oliveira, ressaltou que “todo o processo está ocorrendo dentro da normalidade, com a preocupação da Prefeitura e a instituição organizadora do certame, Sousândrade, em atender às exigências do edital e fazê-lo da melhor forma possível com a transparência máxima”. Ele lembrou ainda que as provas estão ocorrendo de forma segura, com acompanhamento permanente da equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, Samu. Essa primeira parte que compõe o TAF (abdominais, flexão de braço e teste de agilidade), é feita em um ambiente arejado e coberto, o que confere mais conforto aos candidatos.

O procurador geral do Município, Rodrigo do Carmo, também acompanhou o TAF. “Para a transparência, contamos com filmagens em banco de dados da empresa responsável pelo cumprimento concurso, caso seja necessário, posteriormente, dispomos das imagens de cada teste. Com isso, nós conferimos a maior legalidade ao certame, respeitando os princípios da administração pública, dos quais legalidade, impessoalidade, moralidade, eficiência e publicidade”, pontuou.

A candidata Paula de Tássia logrou êxito neste primeiro momento do TAF, mas conta estar ansiosa pela corrida, que deve ser realizada em no máximo 12 minutos, com o percurso mínimo de 2km. “A primeira etapa do TAF foi muito boa, tivemos um excelente resultado. Sabemos que o cargo exige um preparo físico, além do intelecto. A parte mais difícil, pra mim e para outras candidatas, é a corrida. Mas vou lutar pela vida e pela vaga, porque realmente é puxado. Me sinto muito preparada e já quero a minha farda”, disse sorrindo.

Pela manhã, em comissão, a equipe de secretários visitou o gabinete do major Flávius Ulisses Oliveira Urso, fiscal administrativo do Batalhão, e agradeceu à concessão da área para a realização das provas. Eles reafirmaram a parceria entre a prefeitura e 50° BIS.

 

Guarda Municipal

Apaixone-se por Imperatriz