Habitação

HABITAÇÃO

Sedes inicia montagem de dossiê do Programa Minha Casa Minha Vida

Nesta terça-feira, 05, começa etapa obrigatória que antecede o financiamento do imóvel.

Publicado em: 04/02/2019 por Maria Almeida

Sedes inicia montagem de dossiê do Programa Minha Casa Minha Vida

(Foto: Edmara Silva)

Sorteados no Programa Minha Casa Minha Vida para o Residencial JK tem de 05 a 28 de fevereiro para montar dossiê, parte do processo para garantir a unidade habitacional sorteada no último dia 25 de janeiro. Candidatos devem se apresentar à Sedes, na Rua Hermes da Fonseca Nº 49, Centro entre Ruas Maranhão e Piauí no horário das 8h às 14h, dentro do prazo estipulado. Atendimento será por ordem de chegada.

A secretária de Desenvolvimento Social, Janaína Ramos, explica que essa etapa é para juntada de documentos apenas de quem foi sorteado dentro das vagas. “O cadastro reserva só será convocado caso haja desistência ou desclassificação de candidatos contemplados entre os 1000”, informou. Ela ressalta que lista de sorteados e documentação exigida podem ser consultadas no site da prefeitura, na Sedes ou nos CRAS´S.  

Ainda explica que essa etapa do processo cumpre exigências contidas no Programa. Com a documentação pronta, sorteados serão encaminhados ao Banco do Brasil, para dar entrada no financiamento. “Vale lembrar que eles passarão por investigação social e análise de crédito, pois ter sido sorteado não significa aprovação automática. Ele precisa ter aceitação cadastral junto à instituição financeira para assinar contrato”, acrescentou.

De acordo com edital de convocação, quem não comparecer e/ou não apresentar a referida documentação no prazo previsto não seguirá para as próximas etapas. Essa eliminação, permite a convocação, pela ordem, de interessados que estão no cadastro reserva.

Beneficiários devem apresentar os seguintes documentos (originais e cópias):

- Identidade (do titular e do cônjuge)

- CPF do titular

- Certidão de nascimento (se solteiro)

- Certidão de casamento (se casado)

- Certidão de óbito (se viúva)

- Atestado médico com número do CID (se pessoa com deficiência)

- Certidão de casamento com averbação do divórcio (se divorciado)

- Comprovante de residência (conta de energia ou água mais recente)

- Folha resumo do CadÚnico (solicitar nos CRAS´S);

- Procuração Pública (se analfabeto, ver modelo anexo no edital publicado)

Observação: Em caso de estado civil solteiro apresentar declaração positiva ou negativa de União Estável, e se positivo, comparecer acompanhado do companheiro.

 

Habitação

Apaixone-se por Imperatriz