Saúde

CAMPANHA

"Janeiro Branco" alerta sobre os cuidados com a saúde mental

Várias atividades estão programadas para o "Dia D", no auditório da Secretaria Municipal de Saúde

Publicado em: 15/01/2019 por João Rodrigues

Secretaria de Saúde

"Janeiro Branco" alerta sobre os cuidados com a saúde mental

Para o “Dia D”, está agendado encontro denominado de café literário, com participação de profissionais da área. (Foto: Edmara Silva)

Durante todo este mês a Rede de Saúde Mental, que integra a Secretaria Municipal de Saúde, Semus desenvolve ações da campanha “Janeiro Branco”, com objetivo de conscientizar a população sobre os cuidados com a saúde mental. O “Dia D” no Município será em 31 de janeiro, às 8h, no auditório da Semus, com vasta programação.

Coordenadora do Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil (CAPs-IJ), Zaira Karam Melo informou que são realizadas ações como grupos temáticos; roda de conversas; orientações aos usuários dos CAPs e familiares; palestras; análises de filmes pertinentes ao tema, dentre outras.

Para o “Dia D”, está agendado um encontro denominado de café literário, com participação de profissionais da área, convidados e representantes da comunidade. "É importante a disseminação do conhecimento sobre o tema, pois a saúde mental precisa de cuidados e a prevenção é tão possível quanto necessária”, destacou a psicóloga Zaira.

Desde quando passou a realizar esta campanha, a Rede de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde tem conseguido sensibilizar usuários, familiares e comunidade em geral. “Estamos mostrando às pessoas a importância e necessidade cada vez maior de se tratar de assuntos ligados ao aspecto psicológico do ser humano", destaca a coordenadora.

Histórico

Assunto que até bem pouco tempo era tabu para muita gente, a saúde da mente ganhou um campanha mundial em janeiro. Em Imperatriz, a atual administração tem uma grande preocupação com o tema e a prova disso são as ações da Secretaria de Saúde voltadas para esse tema.

A Rede de Saúde Mental de Imperatriz é composta por Centros de Atenção Psicossocial (CAPs AD) e CAPS III, que funcionam em regime de plantão 24h, e ainda, o CAPS IJ, voltado para a juventude, Ambulatório e Residência Terapêutica.  São aproximadamente 4.200 atendimentos por mês entre consultas e equipe multidisciplinar.

Saúde

Apaixone-se por Imperatriz