TRANSPARÊNCIA

BALANÇO

Imperatriz encerra julho com 93 casos ativos de coronavírus e 32 óbitos

Percentual de pacientes recuperados entre maio e julho cresceu mais de 200%; novos casos caíram mais de 70% e óbitos queda de 78,8%

Publicado em: 01/08/2020 por Elton Sales

Secretaria de Saúde

Imperatriz encerra julho com 93 casos ativos de coronavírus e 32 óbitos

Única arma contra o coronavírus é a prevenção (Foto: Elton Sales)

O número de contágios pelo novo coronavírus em Imperatriz chegou a 4.640, segundo boletim divulgado neste sábado (01) pela Prefeitura de Imperatriz. O secretário de Governo, Eduardo Soares, explica que "mesmo depois de mais de 2 meses de flexibilização com funcionamento do comércio, com restrições e todas as normas e prevenções, os números continuam em queda. Isso demonstra o bom trabalho da Secretaria de Saúde, ambulatórios, hospital de campanha e as fiscalizações das secretarias de forma conjunta. O grande vilão hoje na cidade não é atividade comercial e sim a falta de prevenção. Não é o emprego, não é o trabalho, é a falta de conscientização de uma parte da população". 

As fiscalizações que tem sido realizadas, têm caráter educativo e de conscientização, e se necessário punitivas, continuarão de forma intensa diuturnamente. Objetivo é sensibilizar para que as medidas para prevenir a circulação do novo coronavírus tenham êxito. "A única arma contra o coronavírus, até o momento, é a prevenção", afirma o secretário sobre o trabalho do comitê de fiscalização municipal formado pelas secretarias de Saúde, através da Vigilância Sanitária, da Planejamento Urbano, Meio Ambiente, Fazenda e Gestão Orçamentária, Trânsito e Transportes, Defesa Civil, Procon e Guarda Municipal. 

Ainda sobre os números, Eduardo destaca que "é importante que a população tenha consciência que o número de casos pode oscilar e essa variação irá continuar até que se tenha imunização por vacina".

BALANÇO

Abril
No mês de abril, a cidade apresentou 107 casos positivos confirmados laboratorialmente e apenas 15 se recuperaram até o fim do mês, o que representa 93 pacientes e, destes, 11 vindo a óbito. 

Maio
Mês do início do pico da doença na cidade, foram 1.762 casos positivos confirmados laboratorialmente e 1.406 recuperados. No fim do mês, número chegou a 356 casos em recuperação e 151 óbitos. 

Junho
Dos 2.139 casos positivos confirmados laboratorialmente e 2.001 recuperados em junho, no fim do mês apenas 138 casos em recuperação, com 83 óbitos registrados. 

Julho
Dados apresentados hoje representam uma queda de cerca de 74,3% em relação ao mês anterior dos casos ativos, índice mais baixo desde o registro dos primeiros casos de transmissão interna na cidade, em abril. Um crescimento de 200% dos casos recuperados num comparativo entre maio e julho, e uma queda de 78,8% nos óbitos, comparando o mesmo período.

Casos Ativos

Casos Recuperados


 

Óbitos

Faixa etária

A Prefeitura fez o levantamento da faixa etária das vítimas do coronavírus na cidade pela quantidade de casos diagnosticados. Em Imperatriz, pessoas com mais de 70 anos representam 31,4% das mortes, pacientes de 60 a 69 são 22,4% e 80 a 89 anos, 18,8% dos óbitos. Já no levantamento de infectados, se destaca o acerto das projeções sobre a pandemia de coronavírus, mostram que a doença está concentrada na faixa etária entre 20 a 49 anos, sendo responsável por 62,3% dos casos positivos confirmados laboratorialmente.

TRANSPARÊNCIA

Apaixone-se por Imperatriz