Saúde

CUIDADOS

Festa carnavalesca reforça atenção à prevenção de doenças

Os foliões devem levar a sério medidas preventivas para que os excessos não interfiram na saúde

Publicado em: 12/02/2020 por Islene Lima

Secretaria de Saúde

Festa carnavalesca reforça atenção à prevenção de doenças

As infecções transmitidas por relação sexual são causadas por mais de 30 vírus e bactérias através do contato, sem o uso de camisinha (Foto: IMADRONEBR)

O carnaval é o feriado mais longo no Brasil e, por tradição, um dos mais aguardados por quem gosta de aproveitar a data para viajar ou curtir as programações especiais que acontecem em quase todas as cidades do país.

Diante disso, a Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Saúde, Semus, explica algumas medidas básicas de prevenção que podem ajudar os brincantes a aproveitar ao máximo a folia, e evitar qdoenças por falta de prevenção e cuidado.

A coordenadora do programa Municipal de IST/HIV/AIDS de Imperatriz, Renata Pillar Nogueira Fernandes, esclarece que os foliões devem ter especial cuidado com as infecções Sexualmente Transmissíveis (IST). “Doenças como a tricomoníase, gonorreia, clamídia, cancro mole, herpes, sífilis, HPV, HIV e Hepatites Virais podem ser consequência do sexo sem proteção, por isso é tão importante o uso do preservativo em todas as relações". 

Segundo dados do Ministério da Saúde, serão disponibilizados 128,6 milhões de preservativos para garantir a proteção dos foliões na festa. Destes, 125,1 milhões de camisinhas masculinas e 3,4 milhões femininas, além de 8,9 milhões de unidades de gel lubrificante.

Renata Nogueira ressalta também, que além das doenças sexualmente transmissíveis, o folião deve ficar atento com relação ao alto consumo de álcool, que pode acarretar em outros problemas, promovendo agressão direta sobre as células cardíacas, comprometendo o funcionamento do músculo e do sistema de condução do estímulo elétrico no coração”.   

A coordenadora deixa claro que a preocupação com relação aos cuidados com a saúde deve existir durante todo o ano, porém no carnaval as ações se intensificam. “O esforço é de elevar o tom de alarme para pessoas de todas as idades, e fazer campanhas educativas para que a população esteja ciente das suas responsabilidade consigo mesmo, e com o outro”.

Programação

12/02 às 19:30 - Roda de conversa com o tema: "Prevenção no Carnaval" na Escola Frei Manoel Procópio 

20/02 às 8:00:
Blitz pré-carnaval em frente a Semus, realizando a entrega de material informativo e preservativos 

22/02
A partir de 19:00 até 00:00 a equipe IST/HIV/AIDS e Hepatites Virais estará realizando  entrega de material informativo, porta preservativos e preservativos na Av. Beira Rio

23/02
A partir de 19:00 até 00:00 a equipe IST/HIV/AIDS e Hepatites Virais estará realizando  entrega de material informativo, porta preservativos e preservativos na Av. Beira Rio


24/02
A partir de 19:00 até 00:00 a equipe IST/HIV/AIDS e Hepatites Virais estará realizando  entrega de material informativo, porta preservativos e preservativos na Av. Beira Rio

25/02

A partir de 19:00 até 00:00 a equipe IST/HIV/AIDS e Hepatites Virais estará realizando  entrega de material informativo, porta preservativos e preservativos Av. Beira Rio

Saúde

Apaixone-se por Imperatriz